PARQUE FLORESTAL ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE: ÁREA VERDE E QUALIDADE DE VIDA URBANA NA CIDADE DE CAMPO GRANDE/MS.

Frederico Kochhann dos Santos, Marcos André da Silva Cunha, Nataniél Dal Moro

Resumen


Este artigo aborda o objeto de estudo Parque Florestal Antônio de Albuquerque, localizado na área central da cidade de Campo Grande, capital política do Estado de Mato Grosso do Sul/Brasil. O objetivo central consistiu em verificar a importância deste equipamento para a edificação do desenvolvimento local com foco na área urbana desta cidade. O método de procedimento pautou-se no Método do Estudo de Caso e as técnicas aplicadas foram as de observação direta extensiva e observação direta intensiva. Podemos destacar que o referido ambiente contribuía positivamente para a melhoria da qualidade de vida urbana da população. Nesse sentido, o Parque Florestal Antônio de Albuquerque pode e deve ser pensado como um relevante contributo à implementação do Desenvolvimento Local em áreas urbanas.

Palabras clave


Estado de Mato Grosso do Sul/Brasil; Cidade de Campo Grande; Territórios urbanos; Área verde; Qualidade de vida urbana

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.