Cultura, Território e Política Regional no Estado da Bahia, Brasil

Janaina Santos Dias, Frederico Lustosa da Costa

Resumen


O presente trabalho consiste em um estudo/análise da política de desenvolvimento regional do estado da Bahia, a partir da abordagem cultural do espaço: os Territórios de Identidade. Propõe um debate a partir dos paradigmas contemporâneos de desenvolvimento com novas interpretações na construção de campos epistemológicos que trazem a cultura e a afirmação dos territórios como fatores primordiais no processo de desenvolvimento local/regional. Propomos uma reflexão a partir do modelo de desenvolvimento que o governo baiano vem implementando e seus desafios que busca na proposição de suas políticas públicas, reconhecer e conformar a diversidade cultural dos 27 territórios que compõem o estado.


Palabras clave


: cultura e desenvolvimento regional; cultura e território; cultura e política pública.

Referencias


ACOSTA A. (2016.) O bem Viver. Uma oportunidade para imaginar outros mundos. Brasil. Editora: Autonomia Literária.

BRASIL BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E SOCIAL (BNDES). Cultura, Diversidade e Desenvolvimento. Brasília, 2006.27p.

BRASIL INSTITUTO DE PESQUISA ECONOMICA APLICADA. (2010) BARBOSA, Frederico (2010). Indicador de desenvolvimento da economia da cultura. Brasília: Frederico Barbosa da Silva.

BARBOSA DA SILVA, F. (2012) Desenvolvimento e Cultura e; linhas Gerais para um mapeamento conceitual e empírico.

In: Mural Pesquisa, FGV-Executivo, vol.7, nº2, mar/abril.

BRASIL. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico

e Social. (2006). Cultura, diversidade cultural e desenvolvimento. Brasília. Paulo Miguez.

BRIZUELA, J. (2011). Políticas Culturais para o Desenvolvimento Regional: O Caso do Programa Identidade Entrerriana (Argentina) Dissertação (Mestrado) –Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, Universidade Federal da Bahia.

COMISSÃO DE ESTUDOS PARA A AMERICA LATINA E CARIBE. O que é a CEPAL? Recuperado em janeiro de 2015 em http://www.cepal.org/.

CRUZ, Danilo Uzêda. (2015) Estado, desenvolvimento e política pública: espaços participativos na gestão dos Territórios de Identidade na Bahia .1. SALVADOR. Editora: EGBA.

COLÔMBIA: Ministério da Cultura, Instituto Colombiano de Antropología. (2015). Antropología y desarrollo. Recuperado em em:

GOVERNO DA BAHIA. Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais. (2012). Panorama Cultural Da Bahia Contemporânea, Caderno 92.

GOVERNO DA BAHIA Secretaria de Planejamento. (2015) Relatório de Atividades, Salvador.

FAVARETO, A & LOTTA, G.(2017). Inovações institucionais nas políticas para o desenvolvimento territorial em três estados brasileiros. REDES (SANTA CRUZ DO SUL. ONLINE), v. 22, p. 11-38. Recuperado em: https://online.unisc.br/seer/index.php/redes/article/view/

/pdf.

FURTADO, R.(2012). Ensaios sobre cultura e o Ministério da Cultura. Rio de Janeiro: Editora: Contraponto.

LUSTOSA DA COSTA. F.(2013). Cultura, território e desenvolvimento: a bacia cultural como conceito e estratégia. In: Frederico Lustosa da Costa. (Org.). Política e gestão cultural: perspectivas Brasil e França. Salvador: EDUFBA, 2013, v.1, p. 159-194.https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/13178/1/Cult13_2013_Repositorio.pdf.

OLIVEIRA, J. (2010) Ordem, Instituições e Governança: uma análise sobre o discurso do desenvolvimento no sistema ONU e a construção da ordem internacional. Dissertação (mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Recuperado de: http://www2.dbd.pucrio.br/pergamum/biblioteca/php/mostrateses.php?open=1&arqtese=0812 650_10_Indice.htm.

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO DO ESTADO DA BAHIA. (2015). Biblioteca Recuperada em setembro/outubro de 2015 em: http://www.seplan.ba.gov.br/.

SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DA BAHIA. (2015). Biblioteca Recuperada em setembro/outubro de 2015 em: http://www.cultura.ba.gov.br/.

SERPA, A. (2015). Territórios da Bahia. Regionalização, cultura e identidade. Salvador: Editora EDUFBA.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-SinObraDerivada 4.0 Internacional.

Córima, Revista de Investigación en Gestión Cultural, año 3, núm. 5, julio-diciembre 2018, es una publicación semestral editada por la Universidad de Guadalajara, a través del Sistema de Universidad Virtual (UDGVirtual). Av. La Paz 2453, Colonia Arcos Sur, CP 44130, Guadalajara, Jalisco, México, tels. +52(33) 3134-2222 y 3268-8888, ext. 18775, http://www.revistascientificas.udg.mx/index.php/corima, corima@udgvirtual.udg.mx. Editora responsable: Mtra. Alicia Zúñiga Llamas. Reserva de Derechos al Uso Exclusivo: 04-2016-090513551100-203, ISSN electrónico: 2448-7694, ambos otorgados por el Instituto Nacional del Derecho de Autor, México. Responsable de la última actualización: Dr. Marco Antonio Chávez Aguayo. Fecha de la última modificación: 1 de julio de 2018.